Trabalho temporário: encontre o profissional adequado para a alta temporada

Trabalho temporário: encontre o profissional adequado para a alta temporada

Estamos entrando no período em que os hosteleiros esperam o ano todo: festas de final de ano, férias e a temporada alta. Essa época é, para a maioria, a época mais cheia do ano, trazendo muitas vezes os ganhos para o ano todo.

Muitos estabelecimentos trabalham nesse período com maior capacidade do que no resto do ano.

Para atender, e bem, ao aumento da demanda esperada na temporada alta, muitas vezes o dono de hostel se vê louco, pagando horas extras e trabalhando dobrado, sem se dar conta de que muitas vezes aumentar o quadro de funcionários para suprir a demanda de serviços em caráter temporário pode reduzir seus custos operacionais.

Existem novas regras para contratação para um trabalho temporário.

A Lei da Terceirização (Lei 13.429), alterada recentemente, facilita o processo de contratação de colaboradores temporários e ainda proporciona mais segurança para as empresas.

Hoje em dia, de acordo com a Legislação, a contratação de temporários só é permitida em duas condições: para substituir um funcionário ausente (por exemplo, em férias) ou para atender a uma demanda complementar sazonal, e é sobre isso que vamos falar.

Leia mais sobre Como driblar a sazonalidade no setor de hostels

Como posso fazer um contrato de trabalho temporário?

O acordo deve ser feito por intermédio de uma empresa de trabalho temporário, que contrata funcionários e os coloca à disposição da empresa que deseja o serviço.

O prazo normal do contrato pode ser de 180 dias, sendo eles consecutivos ou não.

Mas, quando necessário, também se pode prorrogar o contrato por no máximo mais 90 dias, totalizando 270 dias.

Para ser feita a prorrogação, a empresa deve comprovar o motivo, e se realmente é necessária essa prolongação.

Vale ressaltar que o trabalhador temporário só poderá ser colocado à disposição da mesma empresa após 90 dias do término do último contrato. Caso contrário, caracteriza-se um vínculo empregatício.

Como é feita a remuneração em um trabalho temporário?

Como o contrato é feito por uma empresa intermediadora, quando a empresa contratante fecha contrato com a empresa de trabalho temporário eles acordam um valor para a prestação de serviço daquele funcionário.

Dessa forma, é dever da empresa de trabalho temporário realizar o pagamento da remuneração do funcionário, bem como todos os benefícios. O hostel irá realizar todas as remunerações através da empresa intermediadora.

Quais são as características do colaborador em um trabalho temporário?

Como falado anteriormente, o prestador temporário deverá suprir uma demanda, então normalmente ele irá trabalhar em períodos de maior demanda, como final de ano, feriados e afins. Também poderá substituir um empregado em férias ou em licenças médicas. Mas ele nunca poderá substituir um empregado que tenha sido dispensado da empresa.

Não há vínculo empregatício entre o funcionário e a empresa, portanto o colaborador será subordinado da empresa que o contratou. Cuidado, existem algumas coisas que nos esquecemos habitualmente e que podem criar vínculo. O colaborador, por exemplo, só poderá fazer horas extras ou algum trabalho fora do acordo se consultado com a empresa que o contratou.

E quais os direitos do contratado em um trabalho temporário?

O dia a dia do funcionário também engloba alguns direitos, a empresa deve disponibilizar as mesmas coisas que disponibiliza para seus funcionários fixos.

Se na empresa contratante existir um refeitório, os funcionários temporários podem usufruí-lo. Se a empresa exigir o uso de uniforme, também deve ser concedido um ao funcionário temporário.

Além disso, é responsabilidade da contratante também zelar para que o funcionário trabalhe em um lugar em condições seguras, saudáveis e higiênicas.

Dicas para encontrar o colaborador temporário adequado

Mesmo que seja uma empresa especializada quem irá fazer o contrato de trabalho, você poderá indicar uma pessoa de seu interesse. Você informa o perfil da vaga ou indica candidatos e a empresa faz todo o processo.

Para facilitar o processo seletivo, você pode seguir algumas dicas:

  • Compartilhe com seu quadro de funcionários as suas necessidades. Eles podem conhecer profissionais que aceitariam trabalhar nesses períodos, buscando uma renda extra. Ter indicação de conhecidos sempre é melhor.
  • Divulgue em seus canais de comunicação e redes sociais. Como buscamos uma força de trabalho muito específica, que tem muito a ver com lifestyle, alcançar pessoas que também possuem os mesmos interesses muitas vezes é mais assertivo.
  • Armazene os dados de funcionários antigos ou de colaboradores sazonais em um banco de dados. Muitos daqueles que já trabalharam anteriormente podem estar precisando daquela ajudinha extra no final de ano.
  • Estabelecer parcerias com entidades de qualificação como Pronatec e Senac também são uma boa maneira de encontrar colaboradores para a alta temporada.

Leia também a lista de Feriados 2020 e as oportunidades de vender mais no próximo ano.

E você, está precisando reforçar seu quadro para a temporada alta? Compartilhe com a gente nos comentários! E continue acompanhando os novos conteúdos da hqbeds!

 








Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Todos os direitos reservados a HQBeds Privacidade