Otimização de sites: o seu está atualizado?

Otimização de sites: o seu está atualizado?

Que o mundo muda o tempo todo, você já deve imaginar. Afinal, diariamente vemos notícias sobre a chegada de novas tecnologias, lançamento de novos aparelhos smartphones, tablets ou notebooks.

Mas você sabia que a tecnologia não evoluiu apenas nestes aspectos, e que diariamente os navegadores que você usa (como o Google Chrome e Firefox, por exemplo) também evoluem?

Acredite, isso acontece com mais frequência do que você imagina, e é exigido que os sites – todos eles que desejam continuar aparecendo com relevância na internet – acompanhem esse avanço da tecnologia online para continuar gerando resultados.

Ainda tem dúvidas sobre isso? A hqbeds preparou algumas dicas para o seu hotel, hostel ou pousada começar a usar tecnologia digital atualiza agora mesmo. Confira!

Qual a importância de ter um site com tecnologia atualizada?

Se você é antenado, provavelmente já sabe que o sucesso em vendas diretas do seu negócio depende, hoje, do universo digital. Isso significa que ter uma boa presença na internet, aparecer para muitas pessoas em pesquisas do Google e engajar usuários através das redes sociais é crucial.

Mas o que muita gente erra, e muitas vezes até mesmo sem saber, é em pensar que pode usar o mesmo site por mais de 2 ou 4 anos sem fazer nenhuma atualização na tecnologia – ou, falando em termos mais técnicos, no código de programação do site.

Sim! A tecnologia invisível do mundo digital muda tão rápido quanto a tecnologia do “mundo real”, e o seu hotel precisa acompanhar esse processo se não quiser perder lugar para a concorrência.

1 – Os browsers atualizam o tempo todo

Talvez você não reconheça a palavra “browser”, mas certamente eles fazem parte de uma boa parte do seu dia. Falando em termos mais simples, os browsers são exatamente o navegador que você usa para acessar a internet.
Esses browsers sofrem atualizações o tempo todo, e alguns deles exigem preocupação quanto a tecnologia usada por seu site.

Anos atrás, por exemplo, o navegador Google Chrome reduziu o seu reconhecimento em sites que utilizam a tecnologia em flash, aquela que permitia que sites se entupissem de animações (muitas delas bem toscas kk).

Sites que usavam em seu código trechos em flash, mesmo pequenos, tiveram seu desempenho reduzido por isso, e boa parte dos usuários não conseguiam sequer abrir o site no navegador. Isso não foi feito à toa: o flash era uma tecnologia extremamente vulnerável a ataques de hackers, e isso prejudicava a segurança de todos os usuários que acessavam aqueles sites.

Agora, já imaginou se de um dia para o outro o site do seu hostel simplesmente deixasse de ser visualizado pelas pessoas? E se elas sequer conseguissem ver o conteúdo do seu site? É isso que acontece, hoje, com sites atrasados que ainda utilizam tecnologia em flash.

Esse é só um exemplo de como é necessário estar de olho nas atualizações dos browsers.

Leia também: Conheça as melhorias que rolaram em Novembro 2019 na hqbeds

2 – O algoritmo do Google muda a todo momento

A tecnologia digital cresce o tempo inteiro, e uma grande prova disso é o sistema de pesquisas do Google – quase redundante falar assim. Você provavelmente usa ele para tudo, não é? Afinal, se temos uma dúvida, da mais irrelevante até sobre assuntos complexos, recorremos imediatamente ao Google.

Para mantê-lo tão eficiente, o Google investe em atualizações constantes de seu algoritmo, buscando apresentar resultados cada vez mais certeiros para quem faz pesquisas nele.

Apresentar autoridade no assunto que retrata e mostrar conteúdo informativo valioso são ainda mais importantes para aparecer nas primeiras páginas de pesquisa do Google.

Mas não para por aí. Na prática, deixar de seguir o algoritmo e mesmo desagradar os requisitos dos browsers significa perder muito – mas muito! – acesso no site. E perder acesso é igual a perder vendas, não é? Por isso é preciso estar sempre de olho!

hqbeds

3 – A experiência do usuário deve ser prioridade

Se você acessou a internet nos últimos 10 anos, provavelmente deve ter visto com seus próprios olhos as várias transformações, não é? Afinal, se antes mesmo os sites mais toscos visualmente, cheios de anúncios incômodos, apareciam nas primeiras páginas de pesquisa do Google, hoje não mais.

A verdade é que a experiência do usuário é prioridade, e o usuário sabe – na verdade, sente na pele – quando uma experiência é ruim. E, acredite, o Google também sabe disso e prejudica o posicionamento dos sites que oferecem esse tipo de experiência negativa para os usuários.

Site lento, falta de adaptação para os aparelhos mobile e muitos outros detalhes podem fazer o seu hóspede em potencial fugir do site do seu hostel. Além disso, esses também são critérios utilizados pelo próprio Google para posicionar o seu site nas páginas de pesquisas.

4 – Tecnologia e programação

Sabemos que a maioria dos hosteleiros podem não saber o significado ou até mesmo a praticidade da atualização de algumas tecnologias embarcadas no site do hostel, mas é importante ao menos ter uma ideia que elas existem e que estão aí para melhorar a eficiência e a até mesmo a segurança.

Assim como os aplicativos de celulares, que freneticamente estão sempre se atualizando, algumas tecnologias do site também precisam dessa mesma atualização, só que infelizmente, quando o site é feito através de plataformas como WordPress, Joomla!, Wix e algumas outras, tais atualizações não são automatizadas como nos aplicativos citados acima.

Então, lembre-se: atualizar a tecnologia do site do seu hostel não é opcional. Se você quer gerar cada vez mais acessos qualificados, com grande conversão em vendas, precisa atualizar a tecnologia do site continuamente.

Gostou das dicas da hqbeds? Compartilhe com seus amigos e continue acompanhando nossos posts! Até a próxima! 

Imagens: Unsplash, Pexels.







Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Todos os direitos reservados a HQBeds Privacidade