5 coisas que fazem um hosteleiro feliz

5 coisas que fazem um hosteleiro feliz

Engana-se quem acha que ter um hostel é sinônimo de festa, tranquilidade ou  “aposentadoria”. Muito pelo contrário, todos nós da área já desmistificamos essa lenda e sabemos que você deve ter muita energia e disposição para que tudo aconteça como você planeja e seus clientes esperam.

Na vida pessoal, você abre mão dos feriados, dos finais de semana, perde compromissos com amigos e família, e não tem horário de descanso. Mas tudo isso em troca de poder proporcionar aos seus hóspedes uma boa experiência.

No nosso dia a dia temos altos e baixos. Horas de satisfação, quando descobrimos que o hóspede já fez o mesmo rolê que a gente, ficamos horas e horas conversando sobre a vida, e fazemos amigos para ”a vida toda”. Mas tem horas que queremos, me desculpe o termo, “jogar aquele hóspede da janela”. Recebemos todos os tipos de pessoas, uns mais bagunceiros, outros organizados… mas todas com o mesmo objetivo: ter novas experiências e momentos de alegria!

E apesar dos perrengues, no fim das contas temos mais dias de glória do que dias de luta, senão não estaríamos mais aqui, certo?

Hoje vou trazer um assunto mais descontraído, que é totalmente subjetivo, claro, pois cada pessoa tem algo que faz o coraçãozinho palpitar mais forte. Mas vou trazer uma lista de coisas que tenho certeza que tiram um sorriso do rosto de qualquer hosteleiro, ou ao menos aquela sensação de trabalho bem feito.

Confira 5 coisas que ao meu ver fazem qualquer hosteleiro feliz:

1- Casa cheia

Casa cheia é sinônimo de dinheiro no bolso, certo? E dinheiro no bolso faz a gente mais feliz. Isso é óbvio.

Todo hosteleiro já está preparado para casa cheia na temporada alta, feriados, férias, eventos na cidade. Muitas vezes, é a temporada alta que salva um hostel de ficar no vermelho, e faz um balanço no financeiro da empresa.

Mas uma coisa que brilha o coração de todo dono de hostel é ver a casa cheia sem motivo aparente, em uma época de baixa, sem eventos, sem feriados, quando você não esperava. E ainda mais se ela perdura por vários dias. Aí é correr pro mercado, buscar reforço de staff, mas com aquele sorriso no rosto!

2- Review textão só com coisas boas

Todo review positivo alegra um dono de hostel. Mas você já recebeu um review textão, daqueles bem elaborados, elogiando tudo na casa?

Quando a pessoa faz um review em que ela não só elogia as coisas básicas, que todos acabam elogiando, mas que ela percebe cada detalhe que você colocou com tanto carinho, o esforço da equipe, aquela mudança na estrutura que passa despercebida, aquele eventinho bacana que você promoveu com amor…isso enche a bola do hosteleiro.

3- Ver que o hóspede está curtindo o lugar, se sentindo em casa

Nossa função é receber pessoas. Mas mais do que simplesmente receber, é proporcionar um ambiente acolhedor para o hóspede, proporcionar experiências.

E que dono de hostel não fica feliz quando vê que seus hóspedes estão realmente curtindo o lugar, se sentindo em casa, ficando amigos do staff, ajudando nas pequenas tarefas, realmente interagindo com o lugar?

Eu particularmente amo quando chego e vejo que hóspedes que chegaram sozinhos já estão fazendo drinking games em grupo, cantando, bebendo e se divertindo. Ou quando eles já começam a se organizar para fazer jantares em grupo, pois preferem ficar pelo hostel ao invés de sair comer. E quando “Wonderwall” começou a tocar no violão? Aí sim é o termômetro pra saber que eles estão muito felizes e curtindo!

Quando os hóspedes voltam então, é uma alegria. 

Muitos hostels possuem clientes cativos que vêm a negócios, ou porque possuem família, ou algo periódico na cidade. Mas para aqueles destinos, como exemplo de Foz do Iguaçu, em que normalmente as pessoas visitam uma vez, ter hóspedes que retornam porque gostaram do hostel, pela vibe do local, é muito gratificante.

Ver o sorriso no rosto do hóspede faz qualquer hosteleiro feliz.

4- Ver staff satisfeito junto com os clientes

Uma área que normalmente dá muita dor de cabeça para qualquer estabelecimento é o setor de pessoal. Encontrar funcionários comprometidos, dedicados e que façam um bom trabalho é uma epopéia. Ainda mais na nossa área, que os funcionários devem ter um perfil diferenciado, como serem mais comunicativos, dominarem idiomas, etc. 

Quando você encontra aquela equipe ideal, que se conecta, se completa, sem picuinhas entre colaboradores, que trabalha feliz, com sorriso no rosto, é pura satisfação.

Uma das formas para saber se o colaborador está satisfeito é o grau de interação dele com o trabalho, mesmo nas horas de descanso. Em hostels, é muito comum que o colaborador fique após horas de trabalho, interagindo com os hóspedes, fazendo amizade, utilizando da sua estrutura para seu descanso pessoal. Esse funcionário provavelmente é um embaixador do seu hostel, ele tem amor ao trabalho, ele quer ver o hostel crescer. Porque convenhamos: quando não gostamos do trabalho, a primeira coisa que queremos fazer quando dá a hora de saída é ir pra bem longe de lá, não é verdade? 

5- Caixa e estoque redondos

Ter uma administração organizada é o sonho de todo hosteleiro, Muitas vezes, os donos de hostel vêm de outras áreas e acabam fazendo tudo intuitivo.

Mas dentro da área de gestão, nos processos diários, um item que normalmente dá prazer é quando você faz a conferência dos malotes, dos caixas, do estoque, e tudo se enquadra, está tudo batendo lindamente.

É uma dor de cabeça desnecessária ter que ficar revendo caixas com funcionário para ver onde ele esqueceu de lançar algum produto ou pagamento, e isso tira qualquer administrador do sério. 

E você, conta pra gente, o que te deixa feliz no seu dia a dia? =)

 








Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Todos os direitos reservados a HQBeds Privacidade